Sobre acessibilidade

Serviços

Início >> Artigos
29/03/2018 - 19:15

O segundo e último dia da IV Conferência Estadual de Promoção da Igualdade Racial ocorreu nesta quarta-feira, 25, no Hotel Gold Mar, em Belém, com uma vasta programação que incluiu o debate de temas como o desenvolvimento com sustentabilidade do afrodescendente, além da descriminalização múltipla ou agravada desse público, assim como a eleição dos delegados que irão representar o estado na Conferência Nacional de Promoção da Igualdade Racial, em Brasília, no mês de maio.

De acordo com o secretário de Estado de Justiça e Direitos Humanos do Pará, Michell Mendes Durans, o encontrou serviu para apresentar propostas, criar grupos de trabalho e definir onde se quer chegar na luta pela promoção à igualdade racial. “Esse encontro serviu pra trazer relevo à participação de muitas pessoas, mais de 350 participantes nessa conferência da igualdade racial e a gente teve uma impressão muito boa, até porque temos apresentado aqui onde nós queremos chegar. Então esse é um dia em que foram criados Grupos de Trabalho, com subtemas como saúde e educação relacionadas à política da igualdade racial. Desses temas vamos tirar propostas. Então a ideia é essa, criar propostas para que elas virem documentos que vão ser encaminhados à Brasília. As impressões são as melhores possíveis.”

O segundo dia do encontro teve a presença do secretário Especial de Políticas de Promoção da Igualdade Racial, Juvenal Araújo. Para ele, uma conferência como essa é importante para aferição de políticas públicas. “Pra nós é muito importante essa quarta conferência estadual aqui no estado do Pará, importante para os anseios dessa população que é maioria, mais de 80% da população do Pará é negra. É um momento em que fazemos esses ansiosos se transformarem em políticas públicas. Então, além de aferir as políticas propostas no encontro anterior, nós também deixamos a ideia de que podemos construir juntos novas políticas públicas efetivas e permanentes no estado do Pará.”

Finalizando a IV Conferência Estadual de Promoção da Igualdade Racial, foram definidos os delegados que vão representar o Pará na Conferência Nacional de Promoção da Igualdade Racial 2018, que ocorre no mês de meio, em Brasília. Um desses delegados foi o Babalorixá Clodomilson Deogun, que integra a Comunidade Matriz Africana pelo município de Santarém. Para ele, ser representante é muito importante na luta contra o preconceito no município.“É muito importante pra gente, primeiro porque o preconceito em Santarém é muito grande. Por cultuarmos nossos deuses afros, cablocos e etc, nós somos perseguidos. Essas conferências ajudam a mostrar a nossa qualidade e abrem novos espaços para abrigarem em prol da nossa luta."

Resumo: 
.