Sobre acessibilidade

Serviços

Início >> Artigos
07/02/2018 - 10:30

A renovação do acordo de cooperação técnica para emissão de Carteira de Trabalho, realizado entre Sejudh e Ministério do Trabalho, foi assinado na tarde desta terça-feira, 06, no Gabinete da secretario de Estado de Justiça e Direitos Humanos, Michell Mendes Durans. Com isso, a Sejudh poderá continuar com a emissão do documento, de maneira gratuita, em seu Posto de Trabalho exclusivo, que funciona na sede da Secretaria, localizada na rua Vinte e Oito de Setembro, no bairro da Campina, em Belém.

De acordo com o Superintendente Regional do Trabalho, Aberto Campos, a renovação do convênio vai ajudar a tornar o serviço cada vez maior e melhor. “Pra nós é uma honra muito grande estarmos aqui renovando o nosso convênio e assinando um termo de cooperação técnica para que o serviço prestado à população paraense pela Sejudh, no que tange a emissão de carteira de trabalho, seja cada vez maior, melhor e que atenda aos municípios mais distantes do estado.”

O secretário de Estado de Justiça e Direitos Humanos, Michell Mendes Durans, comemora a retomada da parceria e afirma que a população será a grande beneficiada com isso. “Esse momento é importante pra festejar a retomada dessa parceria com a Superintendencia do Trabalho, que já existe há muito tempo e que agora estamos retomando. E o grande beneficiário desse nosso esforço é a população, que vai ter mais um espaço para a emissão de Carteira de Trabalho, pois hoje existe uma dificuldade muito grande no acesso a esse documento básico de cidadania. E que possamos, dentro da nossa missão, continuar a servir a população.”

Ainda segundo Alberto Campos, “a Sejudh tem uma capilaridade maior do que a Superintendência do Trabalho por ser uma Secretaria de Estado e ter uma facilidade muito maior de levar esses serviços ao cidadão”, concluiu.

O Acordo de Cooperação terá validade de quatro anos, podendo ser prorrogado ou modificado através de aditamentos. O agendamento presencial na Secretaria poderá ser feito sempre às sextas-feiras, a partir do dia 23/02. Para realizar o agendamento é preciso ter em mãos os seguintes documentos: Certidão de nascimento original, RG, CPF e Comprovante de residência. Caso a pessoa tenha perdido a Carteira de Trabalho e deseje emitir uma segunda via, será necessário apresentar, além dos documentos citados anteriormente, um Boletim de Ocorrências e um comprovante oficial (extrato do PIS ou FGTS) com a numeração da carteira.

Resumo: 
.